Sábado, 22 de julho de 201722/7/2017
83 99654-3170
Parcialmente nublado
19º
21º
28º
Paulista - PB
dólar R$ 3,14
euro R$ 3,66
Detran
ESPORTES
Jogador é alvo de racismo na Europa
A Partida também chegou a ser interrompida por alguns minutos após fãs do Rad abrirem uma bandeira insultando o brasileiro, que venceu a Copa da Sérvia no ano passado com o Partizan.
Sertão em Foco Paulista - PB
Postada em 20/02/2017 ás 20h26
Jogador é alvo de racismo na Europa

O Meio-campista brasileiro Everton Luiz, do Partizan Belgrado, deixou o campo chorando após ser alvo de racismo por parte da torcida do Rad Belgrado, neste domingo, durante jogo válido pelo Campeonato Sérvio. Sempre que Everton pegava na bola, torcedores do cluve rival faziam sons de macaco, em clara referência ao racismo . A partida também chegou a ser interrompida por alguns minutos após fãs do Rad abrirem uma bandeira insultando o brasileiro, que venceu a Copa da Sérvia no ano passado com o Partizan.



Após o apito final, as câmeras de TV flagraram Everton Luiz fazendo gestos obscenos em direção à torcida do Rad. A polícia entrou em campo para controlar o tumulto envolvendo jogadores dos dois times, enquanto o brasileiro se dirigia para o vestiário chorando demais, consolado pelos seus companheiros de equipe. O Partizan venceu o jogo por 1 a 0, garantindo o segundo lugar na tabela, seis pontos atrás do líder Estrela Vermelha. No Brasil, Everton atuou com as as camisas de Ponte Preta, Marília, Bragantino, CRB e Criciúma, além dos suíços Lugano e St. Gallen.



Brasileiro chocado



"Não consegui conter as lágrimas ao enfrentar insultos racistas das arquibancadas durante os 90 minutos", disse Everton Luiz à imprensa local. "Fiquei ainda mais chocado com a atitude dos jogadores adversários que, em vez de acalmar as coisas, apoiaram esse comportamento", completou.



"É um retorno à realidade do futebol sérvio", disse o técnico do Partizan, Marko Nikolic, pedindo punição severa aos torcedores envolvidos no ato. O futebol sérvio sempre foi marcado por episódios de racismo nos últimos anos, incluindo cantos da torcida contra jogadores negros da Inglaterra em um jogo entre as duas seleções na categoria sub 21, há cinco anos.


FONTE: IG
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
370