Terça, 12 de dezembro de 201712/12/2017
83 99654-3170
SportNets
GERAL
Seca só piora em São Bento/PB e Alunos estão sem aulas na Cidade
Existem denuncias de furtos d’água do rio, antes de chegar em São Bento.
Sertão em Foco Paulista - PB
Postada em 26/09/2017 ás 12h37 - atualizada em 26/09/2017 ás 12h41
Seca só piora em São Bento/PB e Alunos estão sem aulas na Cidade

A Calamidade toma conta mesmo da cidade de São Bento, e por ironia mesmo com a terra sendo cortada por um dos principais rios da Paraíba, o problema atual é por causa da falta d’água nas residências, empresas ou a quem necessite da distribuição por parte da empresa estatal Cagepa, que admite não conseguir entregar a água para a rede local por não ter como captar no citado rio, pois o seu volume é baixíssimo.


A Capital da Rede recebeu nessa Segunda-feira, 25 de setembro a visita do gerente regional da Cagepa, que tem sede em Sousa, Wallison Medeiros para verificar a situação. Em alguns pontos chega próximo de um mês sem pingar nas torneiras, pra se ter noção, escolas públicas, como a Estadual João Silveira está liberando os alunos no recreio pois não tem nem água pra beber. O fato grave chamou atenção da imprensa estadual, a TV Paraíba, afiliada da Rede Globo fez reportagem em São Bento mostrando as pessoas carregando latas d’água.


POLÍTICOS


A Oposição municipal, através do partido PSB, que tem como presidente Eliservulo Herdes, e conta com quatro vereadores na câmara municipal emitiu uma nota cobrando ações da prefeitura, e cita o prefeito Jarques Lúcio (DEM), segundo eles, ausente sobre o problema.


Jarques divulgou um áudio também sobre o assunto, em que admite a crise hídrica maior da história. “É a pior, mas vamos superar, faço cobrança ao governo do estado desde o começo do ano e na cagepa vou diariamente. Precisamos conscientizar o povo também, isso só vai se resolver de vez com o Eixo norte da transposição. Começamos a perfurar poços e fizemos até no shopping das redes, estamos num trabalho de formiguinha e faremos reunião com prefeitos da região”; disse.


O volume liberado de água no açude de Coremas foi aumentado nessa Segunda para dentro do Rio Piranhas, é o que informa a Cagepa. Essa crise já é a terceira no ano em São Bento e a maior até agora.


Existem denuncias de furtos d’água do rio, antes de chegar em São Bento.


 

FONTE: Clinton Medeiros
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
258