Sexta, 24 de novembro de 201724/11/2017
83 99654-3170
SportNets
ESPECIAIS
Situação do Açude de Coremas volta a preocupar toda população
Alguns municípios da região, a exemplo de Paulista, entram novamente no sistema de racionamento já a partir desta semana.
Sertão em Foco Paulista - PB
Postada em 02/10/2017 ás 07h16 - atualizada em 02/10/2017 ás 07h28
Situação do Açude de Coremas volta a preocupar toda população

De Acordo com informações repassadas a redação, o Açude Estevão Marinho volta a apresentar situação preocupante, devido ao seu declínio hídrico. Apesar de alguns meses mantendo a normalidade no abastecimento, a realidade novamente caminha para o estado crítico.


Alguns municípios da região, a exemplo de Pombal, deverão entrar novamente no sistema de racionamento já a partir desta semana.


O Objetivo é fazer o precioso liquido chegar às torneiras de alguns municípios, a exemplo São Bento, Brejo de Cruz e Belém de Brejo de Cruz cujos prejuízos ocorrem por causa desvios de água, outro problema a ser solucionado.


O abastecimento dessas cidades é feito com água do açude de Coremas e passa por 92 km pelo Rio Piranhas até chegar à estação de captação em São Bento, onde é distribuída para outras cidades.


Nesse trajeto, o órgão flagrou vários canos e bombas tirando água do rio para propriedades privadas, que impedem que a água chegue a São Bento.


Com isso, a régua que monitora o volume de água marca zero e as bombas da Cagepa não conseguem mais retirar água do rio.


Para minimizar o problema, a Cagepa vai adotar um esquema de racionamento que começa nesta semana na cidade de Pombal, embora já se verifique em Paulista, Vista Serrana e Catolé do Rocha.


Esse esquema deve gerar uma sobra de água que vai pode abastecer São Bento.


Quanto a Coremas, a reportagem esteve visitando o manancial e captou imagens atualizadas neste domingo (01/10). CONFIRA:





FONTE: Marcelino Neto
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
288